20 março 2016

Sting, índio cara-pálida, e Raoni, seu pai aborígine

  Índios são sempre uma temática muito legal para se ilustrar. Usei lápis, nanquim e tinta ecoline para fazer esta mãe índia a partir de uma boa foto de autor que desconheço. Por aqui não há como falar de índio sem falar no célebre Sting, que tem forte ligação com os autóctones brasileiros, em especial o cacique Raoni, a quem o roqueiro considera um genitor. Os nativos mais gaiatos adaptaram uma velha piadinha para falar sobre o dia em que Sting visitou a tribo de Raoni pela primeira vez no anos oitentas. Mal chegara, o popstar retirou de uma canastra alguns colares e o ofertou ao cacique como prova de consideração e respeito. Ao hoje ex-The Police, o chefe nativo sem pestanejar respondeu: "Índio não quer colar. Índio quer que você crie entidade para ajudar tribos do Xingu a sobreviver na luta contra a especulação imobiliária e a voracidade do homem branco que derruba floresta e extermina silvícolas." Sting guardou seus balangandãs de volta na canastra, foi para Nova York e lá criou a Rainforest Foundation.
(Publicado originalmente em 13/10/12)