20 novembro 2013

ICBA, Roland Schaffner, repressão, liberdade, Artes

Nos anos da repressão, censura e a autocensura andavam frequentemente de mãos dadas pelas ruas, praças, becos, vielas e veredas desse nosso país. Mas nem tudo era paranóia. Havia a resistência dos cônscios e intimoratos. Aqui em Salvador, capital dessa afro-brasileira terra chamada de Bahia, o Instituto Cultural Brasil-Alemanha, dirigido por Roland Schaffner, era um autêntico óasis cultural onde os amantes da Arte e da liberdade podiam mitigar sua sede de saber distantes do fantasma da repressão e da censura imposta pelos ditadores de plantão. Teatro, artes plásticas, poesia, cinema, propostas artísticas de vanguarda. Apaixonado pelo fazer artístico, eu contava com o ICBA naqueles anos de chumbo e estava sempre por ali sorvendo o generoso caldo cultural que lá era servido e que muito me ajudou na minha formação de artista e cidadão. Ao ICBA e a Roland Schaffner minha admiração, respeito, estima e gratidão.

19 novembro 2013

Lange, o fantástico cartunista argentino na Bahia

Curto de montão os trabalhos do argentino Langer. Acima disto é um cara legal, um bom papo e um amigo que vale ouro. Como valem ouro os seus cartuns fenomenais. Pra matar a saudade deste notável platino, que conheci quando aqui esteve visitando a Bahia, mando aqui estes cartuns pra vocês se deliciarem com seu talento. E já que falei no precioso metal, Langer é mesmo um autêntico pibe d'oro do cartum. Abrazo, hermanito.

Antonio Cedraz, um desenhista baiano e seus personagens amados em todo o Brasil

Você, leitor, sendo a pessoa atilada que  o é, já deve ter lido as histórias em quadrinhos que mostram a simpática e divertida Turma do Xaxado, não é mesmo? Pois fique sabendo, se já não o sabe, que o criador é o afamado, aclamado e mui amado Antonio Cedraz, glória mor de Jacobina, urbe localizada no sertão da Bahia, sendo ele um dos mais premiados desenhistas de toda esta Terra Brasilis descoberta pelo intrépido lusitano Pedro Álvares Cabral. Cedraz, ainda por cima é um ser humano dos mais supimpas, um raro amigão, gente muito do bem, um gajo giro, como diz seu genro, que é tão português quanto o supracitado Cabral. Um certo dia recebi convite para visitar o Estúdio Cedraz e fazer as caricaturas dos integrantes da equipe. Topei, mui contente e parti para lá. Fiz as caricas em preto e branco, depois peguei uma marinete e levei para colorir no estúdio que mantenho em Montmatre, logo ali em Paris. Para comprovar a veracidade do meu relato, taí o pai do Xaxado posando numa nice para mim.

03 novembro 2013

Rodney Pike, caricaturista, e Bill Clinton

Um belo trabalho de arte sempre agrada aos nossos olhos e nossas almas, não é mesmo? Navegando na Net, descobri o caricaturista Rodney Pike, de Gonzales, LA, nos States. Deem um clique no link http://rwpike.blogspot.com/ e vejam o belo trabalho do cara porque vale a pena, como vocês podem ver por este maravilhoso Bill Clinton que ele fez.

Xaxado e Cedraz na Itália: Mamma mia! Spaghetti com acarajé!


Vale a pena dar uma navegadazinha básica e uma vislumbrada no blog que o superpremiado Antonio Cedraz criou e que mostra personagens de HQs criados por ele vistos pelos traços de vários desenhistas que são também admiradores do seu belo e brasileiríssimo trabalho, entre os quais estou euzinho . O resultado é bem legal. Entre os colegas de traço você poderá ver por lá grandes profissionais com o mineiro Mozart Couto, orgulho dos quadrinhos nacionais, o grande mestre Shimamoto, Emir Ribeiro, aquele da Velta, mais o Alexandre Montandom, além do sempre bom Carlos Avalone, um dos poucos quadrinhistas brasileiros a conseguir ficar milionário com os quadrinhos. Ah, e por fim mas não menos importante, o espetacular desenhista italiano Ivo Millazzo, aquele mesmo que entre tantos trabalhos  desenhou o aclamado herói Ken Parker, uma unanimidade entre os fãs de HQs. Meu amigo Antonio Cedraz não é fraco, não. Clique aqui e divirta-se : http://fotolog.terra.com.br/desenhosdoxaxado .