22 abril 2017

Os argentinos, sexualmente falando / U Sexu nu mundo 4

Os argentinos vivem alardeando que seu compatriota Messi é o melhor jogador de futebol do mundo, que eles são os reis do tango e que a Argentina tem a maior fartura de carnes que se pode imaginar, todas de sabor deliciosamente insuperável, despertando incontrolável apetite carnal, sendo que essa coisa de veganos por lá não se admite, e eles tratam do assunto na base da faca. Da faca e do espeto, em uma boa churrascaria, diga-se. Bueno, bueno, depois daquele humilhante sapecaiaiá de 7x1 que levamos da Alemanha na Copa de 2014, é fato que nosso moral futebolístico andou baixíssimo até a chegada de São Tite. E temos que reconhecer que, salvo Neymar, Messi coloca mesmo no bolso todos boleiros profissionais dos maiores times em atividade no Brasil e, de lambuja, os que jogam no exterior. Mas, sin embargo, se os argentinos são os reis do tango, as garotas brasileiras são, disparadamente, as rainhas da tanga. E do fio dental. E do biquini asa delta. Nenhuma compatriota de Gardel & Le Pera há de negar isso, ficando los hermanos de queixo caído ao verem uma brasileira caminhando dentro de uma sumaríssima tanga, exibindo toda sua exuberância e abundância numa praia, ou nos dominicais programas de auditório das mais deseducativas TVs desse patropi. Feministas ortodoxas hão de se exaltar, abominar, se indignar, mas, data venia, no quesito farturas carnais, as mui guapas argentinas perdem de goleada para as sempre bem servidas brasileiras, seja em maminha, chuleta, dianteiro ou traseiro. Uma curiosa curiosidade dos curiosos argentinos é que quando estão com uma mulher na cama para um embate sexual,  os homens só pensam numa coisa: "O Maradona faz isto muito melhor do que o Pelé!"Aí então, la chica percebe logo que linguiça que é bom não vai rolar para ela cair de Boca Juniors. Aí só lhe resta tocar...um tango argentino!
(01/12/10)